Amazônia

Rio Madeira sobe, mas especialistas alertam para nova queda devido a chuvas abaixo da média

Nível histórico de seca é temporariamente superado, mas o El Niño ameaça estabilidade do rio


Imagem de Capa

Foto: Michael Dantas / AFP

PUBLICIDADE

?O Serviço Geológico do Brasil (SGB/CPRM) informou que o rio Madeira, após atingir um preocupante nível histórico de seca, está experimentando um aumento gradual em seu volume nas últimas semanas. O nível do rio alcançou 1,87 metro, o que representa uma melhoria em relação aos alarmantes 1,10 metro registrados em outubro.

Essa elevação, no entanto, é resultado de chuvas abaixo da média que ocorreram recentemente. Especialistas advertem que a boa notícia pode ser passageira, já que o próprio SGB prevê uma nova queda no nível do rio.

O El Niño é o principal responsável por essa ameaça à estabilidade do rio, uma vez que as chuvas estão com atraso e têm fraca intensidade. Marcus Suassuna, pesquisador em Geociências pelo Serviço Geológico do Brasil, explica que as chuvas em Porto Velho, embora importantes, não exercem um impacto significativo no nível do rio. Isso ocorre devido ao fato de que cerca de 75% da bacia do rio Madeira está localizada na Bolívia, onde as chuvas também são insuficientes.

Diante dessa situação, autoridades e comunidades ribeirinhas devem continuar monitorando de perto o comportamento do rio, visto que a incerteza do clima, agravada pelo El Niño, mantém a região em alerta constante quanto às mudanças no nível do Rio Madeira.

Natália Figueiredo - Diário da Amazônia

Você é a favor ou contra o impeachment de Lula devido às suas críticas a Israel?

Mais lidas de Amazônia
Últimas notícias de Amazônia