Amazônia

Vídeo: Rio Palmeiras 'desaparece' e prefeitura de Espigão d'Oeste decreta Calamidade Pública

"Moisés atravessou o Mar Vermelho com pé seco, vou atravessar o Rio Palmeiras com pé seco", disse um morador


Imagem de Capa

Histórica estiagem afeta o Rio Palmeiras em Espigão d'Oeste

Foto: Divulgação

PUBLICIDADE

Na última terça-feira (24), a Prefeitura de Espigão d’Oeste (RO) decretou estado de calamidade pública após a histórica estiagem afetar o Rio Palmeiras. O rio afetado é o único a ser usado na captação e distribuição de água no município.

Um morador gravou um vídeo do manancial do Rio Palmeiras, na gravação ele conta que não acreditava no que estavam falando sobre a seca. Então ele decidiu ir até o local para ver se era verdade e se surpreendeu com a ausência de água.

"Moisés atravessou o Mar Vermelho com pé seco, vou atravessar o Rio Palmeiras com pé seco", disse o morador na gravação.

Além disso, nas redes sociais, Lauro Fernandes, diretor técnico operacional da Caerd (Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia), revelou que os equipamentos para a captação de água tiveram que ser desligados.

"Infelizmente tivemos que chegar a esse ponto, o rio perdeu a capacidade de vazão. Nós tivemos que desligar os equipamentos, porque todos eles estão ali no seco, praticamente", disse.

Conforme o diretor técnico operacional da Caerd, em ocasiões normais de seca o rio fica com nível superior a 3 metros. Com isso, devido a trechos sem água do rio, Lauro Fernandes, classificou a situação como crítica e alarmante.

Ainda na última terça-feira, após o corte de 100% do fornecimento de água na cidade, o Prefeito de Cacoal (RO), Adailton Fúria, o envio de caminhões pipa com água tratada para os moradores de Espigão d’Oeste.

Veja o vídeo: 

Redação - Portal SGC

Você é a favor ou contra o impeachment de Lula devido às suas críticas a Israel?

Mais lidas de Amazônia
Últimas notícias de Amazônia