Entretenimento

Katy Perry vende direitos autorais de suas músicas por mais de R$ 1 bi

Segundo a Billboard, Katy Perry recebeu US$ 225 milhões da empresa Litmus Music


Imagem de Capa

Foto: Reprodução

PUBLICIDADE

Quanto vale o repertório de Katy Perry? A cantora abriu mão dos direitos autorais de grandes sucessos de sua carreira, como Teenage Dreams e diversas outras músicas gravadas entre 2008 e 2020, que incluem cinco álbuns. A responsável pela compra foi a Litmus Music, empresa focada na aquisição e administração de canções de artistas e compositores.

O valor, de acordo com a Billboard, teria sido de US$ 225 milhões (R$ 1,09 bilhões) pelos royalts das músicas. Dan McCarroll, co-fundador da empresa, e que já presidiu a Capitol Records, onde a Katy gravou alguns de seus sucessos, comemorou o negócio.

"Katy Perry é uma visionária criativa que causou um grande impacto na música, na TV, no cinema e na filantropia. Estou muito honrado por fazer parceria com ela novamente e ajudar Litmus a gerenciar seu incrível repertório", declarou o empresário.

Katy Perry não foi a única

Justin Bieber vendeu o seu catálogo de músicas por US$ 250 milhões (mais de R$ 1 bilhão). O acordo inclui todas as obras lançadas pelo cantor canadense antes do dia 31 de dezembro de 2022. A empresa responsável pela compra foi a Hipgnosis Songs Capital. Esse foi o maior negócio de um artista dessa geração.

A informação, que foi publicada pela revista Billboard, acrescenta, ainda, que os royalties artísticos de suas principais gravações, além dos direitos conexos, agora pertencem à empresa. Entretanto, de acordo com a Variety, apesar da venda, as canções de Bieber continuarão sendo administradas pela Universal Music, gravadora do artista.

ENTRE NO NOSSO GRUPO DO WHATSAPP E FIQUE LIGADO NAS NOTÍCIAS


Metrópoles


NOTÍCIAS RELACIONADAS

Você é a favor ou contra o impeachment de Lula devido às suas críticas a Israel?

Mais lidas de Entretenimento
Últimas notícias de Entretenimento